segunda-feira, 15 de outubro de 2007

nota recorrente.
me forçaram a pensar sobre uma coisa. umas companhias biscates me fizeram pensar sobre outras. e eu concluí:

- isso é sobre mim, antes tudo. nem isso ou aquilo.

e de repente, não mais que de repente, eu descobri que poucas são as opiniões que me interessam, já que tem tanta gente no mundo achando que pode sair fuzilando opinião mundo afora... ô povo pra achar que é gente. nossa.

- ô de azul, me perdôa? mimimi.

revolução.

eu nem lembro da onde foi que saiu esse assunto. minha memória realmente é muito ruim. não vale um pipper vencido... mas eu sei que eu e uns amigos muito queridos estávamos discutindo, seriamente (por incrível que pareça) sobre casamento. ah!! lembrei de onde surgiu o assunto. pois sim. aí eu fui falar:

- eu não tenho fé em nada. admiro quem tem, ó
- mas em nada? nem na humanidade? eu tenho fé na humanidade...
- nam, piorou!

ai chega a terceira elementa e diz:

- pior a humanidade! nós tamo é tudo falido! é melhor acabar logo com tudo, dizimar tudim!
- pois é cara, o ser humano é ruim demais

minutos depois:

- e quem que sobreviveria a um ataque?
- as baratas!
- não, não. as formigas! as formigas são demais, cara. são super organizadas. aquelas operárias abestadas é que não sabem de nada...
- pois é, AI SE ELAS CONHECESSEM KARL MARX!

e aí, então, foi ladeeeeira abaixo. :D

iñarritu.
esse post é só para babação. só para lembrar que esse homem é foda. e eu adoro ele, por "amores brutos", "21 gramas" e "babel". além de ser inteligente, ainda é bonito. oh! deve ser gay. tsc. too good to be true!

sean penn e o champagne.
eu pago pau para o sean penn e beberia champagne todo dia para celebrá-lo. sim, como se beber champagne fosse chato, né? mas enfim, ele é um cêra. e arrasa. ele é o homem das lembranças da Madonna. RÁ! acho o máximo porque tem um amigo meu que poderia ser dublê dele... sensacional. e sim, ainda tem a comunidade marmotosa com o nome do moço.

im, im, im, eu quero o Tim pra mim!
hoje eu fui assistir aquele "a vida secreta das palavras". o filme tem o Antony and the Johnsons na trilha, com "Hope There´s Someone". isso aí já bastava para me quebrar no meio. mas, tem ainda o Tim Robbins, que fica sensacional no filme. ai, meu Deus. Susan (a Sarandon), forgive me, mas eu cobiçei o homem alheio, no caso, o seu. eu não sabia que ele ficava tão bem de pretinho básico, gente... mas sim, o filme é bacana. tem a Sarah Polley e tem uma gansa, a Lisa, que é uma graça. e ainda toca "you make me so happy", do blood, sweat and tears". pronto, basta.

2 comentários:

nanys disse...

nega, to sempre acompanhando aqui.. saudade de tu, tatu! nao esquece da leitinho =]

Beatriz disse...

Susan que me perdoe idem, mas eu super quis o homem alhei também. Pretinho caiu bem demás nele. ai ai.