sábado, 29 de março de 2008

a fonte.
alguém sabe onde fica a fonte de homens interessantes, disponíveis e héteros? assim, anda em falta, né? super. ou eu e minhas amigas que estamos procurando no lugar errado? no meio de uma baladinha na noite de ontem, algumas idéias em comum passearam entre papos com duas amigas queridas. cadê os homens - repito, homens, não meninos - daqui? preciso saber onde anda a fonte. a lista dos "inaptos" para o "cargo" aumenta e as opções, dominuem. ou é doido demais, viajante demais; ou é prepotente demais; ou é enfadonha demais; ou é química "demenos". que triste. tá, vai ver somos muito criteriosas... mas e daí? vou me contentar com o pouco? vou ser medíocre com um assunto tão importante? não, não. melhor continuar sabendo o que quer e do que precisa, e ir se distraindo com as pequenas possibilidades do caminho, do que fingir que tá tudo bem e se arranjar com uma oportunidade-conveniente. nheam. ah, pior é quando você ácha possibilidades no caminho, mas uma pedra oportunista da temporada passada resolve queimar o filme. ai, Murhpy. já não tem problema o suficinte?

Um comentário:

Flávio Lopez disse...

ser crítico sempre foi problema em qualquer lugar, ainda mais naqueles em que as opções são quase nulas, porém o advento é certo. tem mala que não se toca com chute...ops, mala não, pedra!
huhuh

=*