terça-feira, 30 de setembro de 2008

filosofando.
o amor é brega. foi o que me disseram hoje. e não foi só uma vez. pior que deve ser brega mesmo, menos para os apaixonados da vez. é que nem aquele rapaz, Fernando Pessoa, diz:



"As cartas de amor, se há amor,  têm de ser ridículas. Mas, afinal,  só as criaturas que nunca escreveram  cartas de amor  é que são ridículas."

2 comentários:

Elda Meireles disse...

Eu não sei como a gente consegue ser tão forte. não sei.

e o amor não é brega.. é apenas clichê.
todas historias ja foram vividas e contadas...

Emme disse...

=*

Achei fofo o c.b.
:D

sim, meu brógui é http://longjohnson.blogspot.com