quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

i know all the tricks.
acordo, dia 10. quem sabe, sabe. hoje era para ser um dia absurdamente atípico. não só pelo fato de amanhã ser a festa de lançamento da revista Vogue Iguatemi Fortaleza, mas porque a noite do dia de hoje iria virar de ponta a minha cabeça. e acredito que não só ela. mas, um ano e meio pode mudar em uma semana. é cretinamente proporcional. aí depois de acordar e olhar o calendário, olhei o horóscopo. "este é um excelente momento para refletir a respeito de suas experiências amorosas passadas e compreender quais são os padrões negativos que se repetem em sua vida e que você precisa se liberar". concordei mais que demais! afinal de contas, acho que é isso que deve ser feito nos finais de ano. exorcismos. 2008, em particular, está cumprindo à risca isso. algumas vezes, até involuntariamente. bem, dia 10. era para passar despercebido. afinal, o que tinha que ser, já foi. o que tinha para ser exorcisado, já foi. mas é difícil não olhar para essa data marcada na agenda e não sorrir. claro, é sempre bom sorrir diante de uma vitória, de um recomeço, de uma superação, de um novo ponto de vista, de uma desistência/evolução. é muito bom lembrar do que se pensou sobre consideração e desistência e ver que você tinha razão. uma pena que a razão se troque com a emoção dia ou outro, mas faz parte. e tudo vale à pena quando a alma não é pequena. a sua, pelo menos, já que não rola controlar a dos outros. se esse dia 10 vai me deixar com as boas lembranças que quis, não sei. algumas lembranças não devem ser lembradas. mas fica de lição, certamente. pena que ainda é cedo e estou em regime de antibioóticos, senão estaria brindando ao dia 10 e à banda She & Him, que são ótimos guias. que o dia, de fato, seja 10. recheado de realidades lúcidas.

Um comentário:

Esdras disse...

Cocota, teu texto me deu um arrepio na espinha.

A sensação de exorcismo e renovação também tem passado por essas bandas... Difícil falar por aqui.

Beijão grande, cocotíssima! :******